Boas ações geram boas ações
Por uma melhor saúde para todos
6 Novembro, 2017

Boas ações geram boas ações

Há vários estudos que comprovam que ajudar quem precisa é benéfico para quem pratica a ação. Além dos benefícios óbvios de quem recebe. Acresce que, o exercício de ajudar promove a felicidade pessoal e, está provado que, quem se sente feliz e em paz tem mais propensão para retribuir essas sensações para com o seu semelhante.

Ajudar aumenta os níveis de satisfação, cria e proporciona consciência social, implementa o nosso sentido de humor e reduz o stress. Além disso, torna-nos menos egoístas, porque ao ser altruístas esquecemo-nos um pouco de nós próprios em prol de outras pessoas.

Contribuir para o bem-estar do próximo garante autossatisfação e pode até ser eficaz para evitar situações de depressão ou esgotamento. Ao ajudar a pessoa sente-se útil, uma vez que está a implementar o conforto e felicidade de outro Ser Humano. Ser membro ativo da comunidade em prol do bem alheio através de contributos pessoais beneficia a autoestima.

O lema é: sinta-se bem, fazendo o bem. Faça-se, então!